sexta-feira, 10 de abril de 2009

Parênteses

"... acreditei nessa conversa mole, pensei que o mundo ia se acabar, e fui tratando de me despedir, e sem demora fui tratando de aproveitar..."

CALCANHOTO, Adriana. E o mundo não se acabou.

Antes de mais nada, desculpem. Abandonei por completo esse blog por um milhão de motivos. O mundo ia acabar e eu tinha muita coisa pra fazer. Mas ele não acabou, não é mesmo? Então voltemos.

Os "Meus Monólogos" saíram de cartaz. Agora, você "pode me chamar de Peter Pan". Os textos pseudopoéticos não perderão a vez (afinal, preciso de um lugar para extravasar minha criatividade carente).

Porém, agora atualizarei o blog diariamente (!) com as angústias de um garoto que não queria crescer. Afinal, a Terra do Nunca era sempre muito mais sedutora.

Ah, feriado, estou viajando (rumo a São João Nepomuceno - sim, lá tem vida out Carnaval). As atualizações diárias começarão no domingo (ou na segunda).

Beijos, meus leitores (se é que vocês existem).

5 comentários:

Pinguim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lucas disse...

Eu existo. \o/
ahuaaahuauhhuaauhauhuah
Ainda bem que voltou, ainda mais todos os dias.
E afinal de contas... quem quer crescer?
xD
Abração álvaro!

Laila Hallack disse...

eba! senti sua falta por aqui!

adorei a cara nova do blog, também quero! hihi

=)

beijos bonito!

Guido disse...

Que bom que voltou :)
Esperando os próximos textos.

Abraço. =D

Jornal sem letras disse...

alvaro! vc tbm tem blog! vou passa rpor aquia gora ler seus textos, viu? =]
(hj nao... tenho mil provas e to enlouquecendo!)
só pra registrar: adorei o layout
evelyne